Escrito/Elaborado por 12:02 Escolha de Equipa, Lifestyle, Tecnologia Views: 11

Angola Cria Infraestruturas Para Serviços Financeiros Eletrónicos

Angola tem registado um crescimento significativo nas infraestruturas para a prestação de serviços financeiros eletrônicos. Este desenvolvimento abre portas para a inclusão financeira de um número maior de angolanos e para a modernização do setor financeiro do país.

Investimentos em Infraestruturas:

O governo angolano tem realizado investimentos em infraestruturas de telecomunicações e tecnologias de informação, o que tem permitido a expansão da cobertura de internet e da rede móvel em todo o território nacional.

Crescimento da Carteira Móvel:

A carteira móvel tem sido um dos principais instrumentos de inclusão financeira em Angola. O número de utilizadores de carteiras móveis tem crescido exponencialmente nos últimos anos, permitindo que milhões de angolanos realizem transações financeiras de forma e segura.

Outros serviços financeiros eletrônicos:

Além da carteira móvel, outros serviços financeiros eletrônicos, como o mobile banking, internet, banking e pagamentos por QR code também estão a ganhar cada vez mais espaço em Angola.

Benefícios dos Serviços Financeiros Eletrônicos:

Os serviços financeiros eletrônicos oferecem uma série de benefícios para os angolanos, como:

  • Maior inclusão financeira: permitem que pessoas que não têm acesso a bancos tradicionais possam realizar transações financeiras.
  • Comodidade: Permitem que as pessoas realizem transações financeiras de qualquer lugar e a qualquer hora.
  • Segurança: Permitem que as pessoas realizem transações financeiras de forma segura e confiável.
  • Eficiência: Permitem que as pessoas realizem transações financeiras de forma rápida e eficiente.

Desafios:

Apesar do crescimento das infraestruturas para serviços financeiros eletrónicos em Angola, ainda existem alguns desafios a serem superados, como:

  • Falta de acesso à internet: uma parte da população angolana ainda não tem acesso à internet, o que limita o acesso aos serviços financeiros eletrônicos.
  • Falta de literacia digital: uma parte da população angolana ainda não tem conhecimento sobre como utilizar os serviços financeiros eletrônicos.
  • Elevados custos de transação: os custos de transação de alguns serviços financeiros eletrônicos ainda são considerados altos por muitos angolanos.

Conclusão:

As infraestruturas para serviços financeiros eletrônicos em Angola estão em crescimento, o que abre portas para a inclusão financeira de um número maior de angolanos e para a modernização do setor financeiro do país. No entanto, ainda existem alguns desafios a serem superados para que os serviços financeiros eletrônicos sejam realmente acessíveis a todos os angolanos.http://centro.news Angola: Infraestruturas para Serviços Financeiros Eletrónicos em Crescimento Impulsionam Inclusão Financeira

Close